Agente Comunitário de Combate as Endemias

Agente Comunitário de Combate as Endemias

Simulado com questões de Agente de Combate às Endemias para concursos.

1. (OBJETIVA) - Em conformidade com o Manual de Vigilância Epidemiológica de Febre Amarela, assinalar a alternativa CORRETA:
2. (COMPERVE/UFRN) - Segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS –, saneamento é o controle de todos os fatores do meio físico do homem, que exercem ou podem exercer efeitos nocivos sobre seu bem-estar físico, mental ou social. A oferta do saneamento associa diversos sistemas, constituídos por uma infraestrutura física e uma estrutura educacional, legal e institucional. Em relação à associação na oferta do saneamento, é correto afirmar que faz parte desse serviço:
3. (OBJETIVA) - De acordo com Dengue: instruções para pessoal de combate ao vetor: manual de normas técnicas, sobre as atribuições do agente de saúde no combate aos vetores, assinalar a alternativa CORRETA:
4. (OBJETIVA) - De acordo com Controle de Vetores: Procedimentos de Segurança, o controle mecânico compreende técnicas bastante simples e eficazes, representando, algumas vezes, alto investimento inicial, porém com resultados permanentes, pois envolvem ações de saneamento básico e de educação ambiental, como:
I. Drenagem e retificação de criadouros.
II. Coleta e destino adequado de lixo.
III. Manutenção de criadouros temporários.
IV. Telagem de janelas.
Estão CORRETOS:
5. (COMPERVE/UFRN) - A Constituição brasileira, no artigo 196, estabelece que a saúde é um direito de todos e dever do Estado. Nesse sentido, é importante ressaltar que "Estado" não significa apenas o Governo Federal, mas o poder público de modo geral, abrangendo a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios. Sobre a representatividade do poder público no SUS, a Lei n° 8.080/90 especifica, em seu artigo 9°, quais são os órgãos que agem em cada esfera do governo. No que diz respeito a esses órgãos, é correto afirmar que:
6. (UEPB) - Atualmente, considera-se que o atendimento ao padrão de potabilidade da água é insuficiente para garantir a efetiva segurança da água para consumo humano. Neste sentido, qual a ferramenta de avaliação e gerenciamento dos riscos, indicada pela Organização Mundial de Saúde, constitui o instrumento mais efetivo para garantir a segurança do consumo, por envolver todas as etapas do fornecimento de água, desde a captação até o consumidor?
7. (COMPERVE/UFRN) - A hanseníase é uma doença infecciosa crônica causada pelo Mycobacterium leprae, um microrganismo que tem predileção pela pele e pelos nervos periféricos, o que confere características peculiares a essa moléstia, tornando o seu diagnóstico simples na maioria dos casos.
Sobre hanseníase, é correto afirmar:
8. (COMPERVE/UFRN) - Uma contribuição importante para o combate às endemias é a educação em saúde como medida preventiva. No contexto da vigilância sanitária, o agente de combate a endemias contribui para a prevenção das doenças, orientando os cidadãos com informações importantes durante as visitas às residências.
Com o objetivo de prevenir a dengue, o agente de combate a endemias deve informar aos moradores que eles devem:
9. (COMPERVE/UFRN) - Considere o conjunto de ações apresentadas no trecho a seguir.

“O abastecimento da população com água potável, o manejo da água da chuva, a coleta e tratamento de esgoto, a limpeza urbana, o manejo do lixo e o controle de pragas e agentes patogênicos, visando a saúde da população“.

Essas ações estão inseridas no contexto dos objetivos principais:
10. (COMPERVE/UFRN) - A imunização tem como objetivo a prevenção de doenças e pode ser classificada como ativa ou passiva. A incidência de doenças causadas por agentes infecciosos pode ser reduzida submetendo -se as pessoas à:
11. (COMPERVE/UFRN) - A Lei 8080/90, em seu artigo 6º, inciso XI, § 1º, define a vigilância sanitária como um conjunto de ações capazes de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde.
A vigilância sanitária abrange:
12. (UEPB) - As Boas Práticas de Manipulação de Alimentos são as de organização e higiene necessárias para garantir alimentos seguros envolvendo diferentes etapas que passam pelo manuseio e seleção dos fornecedores até chegarem à venda para o consumidor. Assinale a alternativa que apresenta uma estratégia de armazenamento INADEQUADA para garantir a qualidade e segurança dos alimentos.