Concurso PM – TO é autorizado pelo governador do estado

Já foi autorizado o concurso PM – TO e temos várias informações para os candidatos que pretendem realizar as provas à vaga de soldado.

Publicado por Diego Dias 26/02/2020 - 9:10 AM
8 min. leitura
Concurso PM – TO

Já foi autorizado concurso PM – TO para o ano de 2020, porém ainda sem data prevista para divulgação do edital. Neste artigo vamos informar detalhes sobre o que já foi noticiado até o momento, para você verificar os requisitos exigidos.

Confirmado pelo governador do Tocantins em 2019, foi informado que das 1.000 vagas disponíveis haverá também lista para cadastro reserva.

Como participar do Concurso PM – TO

Apesar de serem abertas 1.000 vagas para este novo concurso PM – TO há um grande déficit de agentes na corporação. Também foi informado que destas mil vagas anunciadas, haverá algumas que serão destinadas ao Corpo de Bombeiros do estado.

Alguns dos requisitos básicos são comuns para a maioria dos concursos nacionais, como por exemplo ser maior de 18 anos. Na Polícia Militar em Tocantins, a idade máxima permitida é de 30 anos, no ato da inscrição no concurso público.

Porém, em 2019, foi aprovado um projeto de lei que aumenta a idade máxima de ingresso na corporação para 32 anos, dessa forma, beneficiando cidadãos que querem ingressar na carreira pública do estado e também a Polícia Militar e os Bombeiros.

Há também restrição de altura dos soldados, sendo a mínima de 1,63m para os homens e 1,60m para agentes femininas. Os candidatos do concurso da PM em Tocantins devem ter o ensino médio completo e apresentar uma certidão de idoneidade.

Situação atual do edital

Apesar de autorizado e já ter sido informado que serão mil vagas disponíveis, ainda não há outros detalhes do concurso. No final de 2019 foi publicado no Diário Oficial a comissão organizadora e responsável pelo certame, porém segue sem finalização.

Devido a necessidade de pessoal, foi pedido que o concurso seja realizado o mais breve possível para preencher as vagas.

Quais vagas no Concurso PM – TO estão sendo oferecidas

O cargo que está sendo oferecido no concurso da PM em Tocantins é de soldado e haverá vagas para bombeiros. Apesar de estar sendo ofertadas mil vagas, esse número não é o suficiente para as necessidades da corporação de Tocantins.

Em 2018 o concurso PM – TO foi cancelado, e a as vagas oferecidas eram de soldado e oficial, totalizando 1.040. Foram oferecidas 1.000 vagas para soldados e 40 vagas para oficial e o concurso foi anulado com suspeita de fraude.

Qual o pagamento para Policial Militar de Tocantins

O valor dos salários para soldados que concluírem o Curso de Formação de soldados é em torno de R$ 4.400,00. Enquanto os soldados aprovados estão frequentando o Curso de Formação, o valor vigente em 2018 era de aproximadamente R$ 2.200,00.

O que é necessário para ingressar na carreira de PM – TO

Para ingressar na carreira da Polícia Militar em Tocantins é necessário atender aos requisitos solicitados no edital concurso PM -TO. Alguns deles são: ter nacionalidade brasileira, ser maior de 18 anos, ter ensino médio concluído quando do ingresso na Corporação.

No edital anterior, a idade máxima para ingressar na PM era de 30 anos, que foi alterado para 32 anos. Ter comprovação negativa de sentença condenatória, estar em dia com as obrigações eleitorais e de pleno exercício dos direitos políticos.

Ao ser aprovado no concurso é necessário frequentar o Curso de Formação, com candidato será denominado Aluno-Soldado durante o curso.

Durante o Curso de Formação é oferecido um subsídio ao aluno, segundo o edital de 2018 era de R$ 2.215,10. Tendo aprovação nesta Formação o soldado é promovido ao cargo de Soldado da PM de Tocantins e o salário aumenta.

Durante o curso o aluno será preparado para executar as atividades pertinentes ao policiamento ostensivo, pertinente a diversos processos existentes.

Durante o Curso de Formação a jornada de trabalho é integral e exclusiva, e o aluno não poderá ser dispensado, portanto, se você partilha de crença religiosa e que requer alguns dias de resguardo, este cargo não deve ser pleiteado.

Após aprovação no Curso de Formação, é necessário fornecer uma certidão negativa de Crimes da Justiça Estadual Comum e Militar.

O que cai na prova do Concurso PM – TO

O edital de 2018 do concurso PM – TO contou com os seguintes conteúdos, na prova objetiva:

  • Língua portuguesa – 20 questões
  • Matemática e lógica – 5 questões
  • Atualidades e conhecimento regional – dez questões
  • Noções de direito – dez questões
  • Normas pertinentes à PM em Tocantins – dez questões

A prova dissertativa é composta de redação, onde é avaliada a capacidade de se expressar de forma clara e objetiva. Para a redação é permitido somente a folha de redação, que não será substituída em caso de rasura ou erros.

As provas acima são de caráter classificatório e eliminatório, e após esta etapa é solicitado um Exame de Capacidade Física.

O ECF é utilizado para comprovar que os candidatos têm capacidade física e orgânica de procederem com as exigências solicitadas. É também exigida uma avaliação para comprovação da estatura mínima pedida dos candidatos, para homens 1,63m e 1,60 para mulheres.

Em caso de alterações temporárias que impossibilitem o ECF como gravidez, indisposições, câimbras ou fraturas não serão levadas em consideração ademais, os candidatos que se acidentarem ou sofrerem lesões serão eliminados do concurso.

Os testes do ECF são realizados em dois dias e seguem a seguinte sequência:

  • teste de flexibilidade
  • flexões de braço
  • 50 metros de nado livre
  • barra fixa
  • flexão abdominal
  • corrida aeróbica

Para concorrer ao cargo é preciso estar bastante preparado fisicamente e também para as provas objetivas e dissertativas do concurso. Caso ocorra algum imprevisto durante o ECF da Polícia Militar em Tocantins, será avaliado pela Coordenação e examinadores da banca.

Avaliação Psicológica no Concurso PM – TO

Após passar por todas as etapas anteriores, o candidato estará apto a realizar a avaliação psicológica que também é eliminatória.

As atividades apresentadas nesta etapa submetem o candidato a forte pressão emocional tais como risco de morte e lesão corporal, assim como degeneração da saúde mental, responsabilidade civil, penal empregando técnicas científicas autorizadas pelo Conselho Federal de Psicologia, o CFP.

No dia da avaliação psicológica não é permitida a entrada de candidatos portando arma de fogo ou aparelho eletrônico algum. O resultado da avaliação é dada em entrevista com o candidato que não foi recomendado a Polícia Militar em Tocantins.

O candidato poderá ser assessorado por psicólogo reconhecido no CFP, contratado por ele, na data da entrevista devolutiva do concurso.

Sendo aprovado na Avaliação Psicológica, o candidato seguirá para as próximas etapa que são avaliação médica e odontológica da PM. O objetivo da avaliação física é verificar se o candidato possui alguma doença, sinal ou sintoma inabilitando-o ao cargo pretendido.

Exames laboratoriais, eletrocardiograma e toxicológicos assim como outros, julgados serem necessários pela Junta da Saúde serão pagos pelo próprio candidato.

Durante todo o concurso PM – TO é investigada a vida social e pregressa dos candidatos, buscando informações por meios legais. Esta investigação é de responsabilidade da Polícia Militar em Tocantins e objetiva em buscar informações que podem desabonar os candidatos.

Resumo do Concurso PM – TO

Em resumo, o concurso da PM Tocantins, que já está autorizado para 2020 é feito em algumas etapas, conforme abaixo:

  • Prova escrita objetiva e dissertativa
  • Exame de capacidade física
  • Avaliação Psicológica
  • Avaliação médica e odontológica
  • Investigação social e vida pregressa
  • Curso de formação

No edital anterior, o valor da taxa de inscrição foi de R$ 80,00 e a inscrição foi exclusivamente via internet. O pagamento da taxa é feita em toda a rede bancária até o vencimento e o valor não é restituível.

É possível solicitar isenção da taxa de inscrição para alguns casos específicos como ser inscrito em Programas do Governo Federal.

Não há previsão de data para o edital ser publicado mas existe grande expectativa para o concurso PM – TO, pois no concurso anterior, em 2013, foi ofertado 270 vagas para homens e 30 para mulheres totalizando somente 300 vagas.

Portanto será um concurso bastante concorrido no estado do Tocantins, pois o último concurso PM – TO ocorreu há 7 anos.

Poucas vagas destinadas a mulheres

Infelizmente, apesar do crescente discurso sobre representatividade feminina, somente 10% das vagas do concurso PM – TO é destinado a mulheres. O art. 11 § 10 da Lei 2.578 de 2012 determina que somente 10% das vagas sejam destinadas para mulheres.

Apesar disso, as mulheres que queiram participar deste concurso, e estejam amamentando podem solicitar condição especial durante a prova objetiva.

Elas devem preencher o formulário com a opção de estarem amamentando, e podem levar acompanhante, que ficará com o bebê. Em caso de não haver acompanhante que fique com o lactente, a candidata poderá ser impedida de realizar a prova.

No momento necessário para amamentar, a candidata poderá sair da sala temporariamente e será acompanhada por um fiscal do concurso.

No concurso PM – TO não há vaga para portadores de deficiência devido a exigência plena para o exercício da profissão.

Apesar de ser bastante aguardado o concurso PM – TO tem diversas etapas que são eliminatórias e exigem muito dos candidatos. Todas as etapas têm caráter eliminatório, tanto as provas escritas, as provas físicas e a avaliação psicológica, médica e odontológica.

Ficamos no aguardo para a publicação do edital do concurso PM – TO e esperamos que este artigo tenha lhe ajudado.

  • Concurso Previsto

Resumo Concurso PM/TO - P...

Resumo Concurso PM/TO - Polícia Militar de Tocantins

Órgão PM/TO - Polícia Militar de Tocantins
Organizadora
Localidade Palmas - TO, Tocantins
Quantidade de vagas 1000
Início das inscrições
Término das inscrições
Salário de até

Compartilhe

Concursos Relacionado(s) Vaga(s)