Concurso ANA 2020: será lançado edital com 93 vagas

ANA aguarda autorização para realização de concurso público ofertando 93 vagas efetivas. Confira todas as informações abaixo.

Publicado por Vitor Silva 04/02/2020 - 9:04 AM
8 min. leitura
Concurso ana 2020 previsto

Um dos editais mais aguardados é o do concurso ANA, o órgão realizou o último em 2012. A Agência Nacional de Águas (ANA) aguarda autorização para efetuar esta seleção de profissionais.

No concurso ANA 2020 é esperado a possibilidade de vários cargos e uma demanda de mais de 90 vagas.

Para quais níveis teremos vagas no Concurso ANA 2020?

O concurso ANA 2020 disponibilizará oportunidades para o nível médio, em cargos técnicos. E superior ocupando cargos de analista e especialista. Entretanto ainda não se sabe onde estes profissionais serão alocados.

As vagas do concurso serão divididas entre os cargos de:

Algumas das vagas podem exigir formação em curso superior em áreas específicas, devido as exigências das atribuições do cargo. Como descritas a seguir:

Técnico administrativo: Atividades administrativas e logísticas de nível intermediário relacionadas as competências do órgão.

Analista Administrativo: Atividades administrativas e logísticas relacionadas as competências do órgão.

Especialista em Recursos Hídricos: Desenvolvimento de projetos de despoluição, fiscalização, avaliação dos instrumentos de política nacional de recursos hídricos entre outras.

Remuneração

A remuneração dos cargos do concurso ANA pode variar conforme a tabela de remuneração de servidores públicos. E possuem auxílio alimentação de R$ 458,00 e a Gratificação de Desempenho de Recursos Hídricos.

Os valores iniciais de R$ 7 mil a R$ 15 mil, podem ser elevados com o tempo. Atingindo um teto final de até R$ 21 mil de acordo com o cargo ocupado pelo profissional classificado no concurso. Veja os valores a seguir:

O salário para o cargo de Técnico administrativo é de R$ 7 mil, no caso do cargo de Analista Administrativo, a remuneração é de R$ 13 mil e o valor de R$ 15 mil para a função de Especialista em recursos hídricos.

Os cargos a serem ocupados são de caráter efetivo. Devido a isto o crescimento da remuneração se dará ao longo do exercício da atividade. Tornando o mesmo mais atrativo para quem busca estabilidade.

Requisitos

Assim como em todo concurso público este também possui alguns requisitos que devem ser atendidos. Para garantir que o candidato esteja apto a assumir a vaga disputada.

Como a ANA ainda não foi autorizada a realizar este concurso, os requisitos oficiais ainda não foram divulgados. Mas dentre os já previstos devem constar os seguintes:

  • Idade mínima de 18 anos
  • Ter nacionalidade brasileira;
  • Gozar de aptidões físicas e mentais
  • Estar quite com as obrigações eleitorais
  • Para cargo técnico, certificado de conclusão de ensino médio reconhecido pelo Ministério da Educação – MEC
  • Para nível superior, diploma de graduação em área especifica ou em qualquer curso a depender da vaga disputada

Estes e mais alguns outros devem fazer parte deste edital que abrirá em breve. Para evitar possíveis surpresas ao se candidatar é recomendado é ter muita atenção a estes detalhes que são de caráter eliminatório.

Já existe data de inscrição do Concurso ANA?

Para o concurso ANA 2020 ainda não foi possível confirmar a data de realização. Pois tudo depende da autorização do governo, mas a expectativa é de que ele aconteça ainda este ano.

Já que ao final de maio de 2019 o órgão enviou um novo pedido de concurso onde contempla 93 vagas. Que atualmente segue em tramite e espera do aval do Ministério Economia.

A última solicitação feita pela agência para a realização de um edital, ocorreu ainda no ano de 2017. O mesmo requisitava o total de 91 vagas, entretanto este foi negado pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

Todo este tempo de espera tem gerado um déficit no quadro de servidores da agência. Já que o último concurso para nível técnico ocorreu em 2012 e nível superior em 2008.

Mas enquanto não é possível divulgar a data, a agência informou apenas as possíveis vagas do concurso ANA. E a quantidade que deve ser ocupada e destinada a cada uma delas.

Provável banca organizadora

Para a realização de todo e qualquer concurso público é de suma importância conhecer a banca contratada. Pois é ela que irá definir a estrutura do concurso, o estilo das provas, perguntas e etc.

Para o concurso ANA 2020 existe a expectativa entre duas possíveis bancas para sua realização. A primeira é a Cetro responsável pelo edital de 2012 e a segunda seria a ESAF que foi responsável pelo concurso de 2008.

A Cetro é uma banca não tão conhecida, mas que já atua há mais de 25 anos nesta área. Ela costuma realizar concursos de médio porte em alguns estados do sudeste e sul, além do Distrito Federal onde se encontra a sede da ANA.

A estrutura de suas avaliações geralmente são questões de múltiplas escolhas, com cinco alternativa do qual apenas uma é a resposta correta. Mas a depender do cargo concorrido também pode ser aplicado uma prova discursiva.

Para aumentar o sigilo das provas a banca utiliza um embaralhamento de questões além de algumas outras alternativas. Para evitar fraude o gabarito só é liberado com um ou dois dias após a aplicação das avaliações.

A segunda banca e aparentemente a mais provável a realizar este concurso é a ESAF (Escola de Administração Fazendária). É uma das mais tradicionais na organização de concursos públicos voltados para a área fiscal a nível federal.

Caracterizada por adotar um sistema de nota em cada disciplina e no conjunto das provas aplicadas. Em sua metodologia a formulação das questões costumam ser complexas.

Que tipo de provas e seleção devemos esperar?

A temporada de estudos para o concurso ANA já está aberta, embora o edital ainda não tenha sido anunciado. É possível se prepara até lá com base nas provas anteriores já lançados pelo órgão.

Observando o último concurso, pode se esperar dois tipos de prova sendo uma de caráter objetiva e outra discursiva. Ambas em condição eliminatória e classificatória, onde sua pontuação total poderia chegar até 120.

Na prova objetiva foi cobrado os assuntos a seguir com seus respectivos números de questões:

  • Raciocínio Lógico – 12
  • Língua Portuguesa – 10
  • Noções de Direito Administrativo – 8
  • Noções de Direito Constitucional – 6
  • Legislação Aplicada à ANA – 6
  • Noções de Informática – 4
  • Ética – 4

A pontuação desta valia de 0 a 100, o candidato que obtivesse pontuação nula em qualquer disciplina. Além de e/ou não pontuasse o mínimo de 8 em Raciocínio Lógico estaria automaticamente desclassificado.

Já a prova discursiva se tratava de uma redação onde a pontuação variava de 0 a 20. Esta abordava alguma problemática dentro de uma das seguintes temáticas:

  • Legislação aplicada à ANA
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Administrativo

Caso o candidato não atingisse o mínimo de 10 na redação o mesmo estava desclassificado. Era considerado habilitado aquele que pontuasse um total igual ou superior a 50 na objetiva e 10 na discursiva.

Como foi o último Concurso ANA?

O último concurso público realizado pela ANA foi em 2012 e teve como demanda a ocupação de cargos técnicos administrativos. Sendo válido até 2017, considerando a prorrogação do mesmo.

O total de vagas ofertadas foi de 45, sendo 3 destinadas a pessoas com alguma deficiência. A unidade a receber estes profissionais foi a sede localizada em Brasília (DF).

A jornada de trabalho do cargo era de 40h semanais com remuneração inicial de R$ 4.760,18. Este valor era composto pela gratificação de desempenho da atividade e pelo vencimento básico, ambos previsto em edital.

Mas para as de cargos de nível superior o último edital lançado foi em 2008. Nele foram ofertadas 152 vagas devidamente distribuídas para Especialistas em Recursos Hídricos, Geoprocessamento e Analista Administrativo.

Neste edital além das provas objetivas e discursivas também foi realizada uma avaliação dos títulos e experiências profissionais. Que totalizavam o acrescimento de até 50 pontos. Este foi realizado pela ESAF.

O concurso ANA é muito esperado devido a este espaçamento entre os editais. Este de 2008 teve mais de 27 mil candidatos concorrendo a uma das vagas disponíveis. A concorrência foi de 613 candidatos por vaga anunciada.

Resumo sobre ANA

A Agência Nacional de Águas (ANA) um órgão governamental responsável por regular as águas do país. E tem como objetivo o cumprimento da Lei das Águas do Brasil, para isto ela conta com a emissão e fiscalização destas.

É ela que regula a utilização dos recursos hídricos pertencentes à União. Que são águas que passam por mais de um estado ou fazem fronteira com algum país. Por exemplo, o rio Amazonas e rio Tocantins.

Realiza o monitoramento da situação de cada um dos recursos em território brasileiro. Além da concessão de serviços públicos como irrigação, emissão e fiscalização da segurança de barragens e outorgas.

Responsável pela elaboração ou participação em estudos para o planejamento estratégico. Afim de promover uma boa gestão deste recurso e buscar soluções para as problemáticas como secas prolongadas e poluição.

E para os profissionais que desejam atuar nesta área através do órgão, o ingresso ocorre por meio de concurso público. A sede da agência fica em Brasília (DF), mas as vagas são disponíveis para candidatos de todo Brasil.

  • Concurso Previsto

Resumo Concurso ANA

Resumo Concurso ANA

Órgão ANA
Organizadora ESAF
Localidade , Brasil
Quantidade de vagas 93
Início das inscrições
Término das inscrições
Salário de 7.016,67 até 15.058,12

Compartilhe

Concursos Relacionado(s) Vaga(s)